Impactes Ambientais - Algumas curiosidades

Quais os principais impactes ambientais associados à produção e distribuição de energia elétrica?

A produção e distribuição de energia elétrica são atividades industriais com um impacte sobre o meio ambiente, causado para satisfazer o consumo requerido pelos consumidores.

Em termos ambientais, ao longo de todo o ciclo de vida da eletricidade produzem-se, entre outros, impactes à escala global sobre a biodiversidade, o clima, a camada de ozono ou a chuva ácida, bem como impactes a nível local sobre os efluentes, os campos eletromagnéticos ou o impacte paisagístico visual.

Para conseguir a redução do impacte ambiental das suas operações, levam-se a cabo diferentes ações como a produção de energia com menores emissões, a operação de programas de biodiversidade, a eficiência da produção, que conduz a uma utilização sustentável dos recursos naturais, a prevenção da contaminação, a gestão adequada dos resíduos produzidos e o planeamento cuidado dos projetos.

O Grupo IBERDROLA procura também fazer um uso racional e sustentável da água e gerir os riscos relacionados com a sua escassez.

SUBIR

Qual a importância das alterações climáticas?

As variações climáticas sempre estiveram presentes durante toda a história da Terra. O que nos deve preocupar neste momento é a grande aceleração do aquecimento global, devido em grande parte, à atividade humana: especificamente a emissão de gases com efeito de estufa que se acumulam na atmosfera.

SUBIR

Em que consiste as emissões de gases com efeito de estufa?

O dióxido de carbono (CO2) é o principal gás procedente das emissões, produzindo-se ao queimar combustíveis fósseis, como o carvão, o gás ou o petróleo. Atualmente, a sua concentração a nível global está nas 390 partes por milhão (ppm) e aumenta entre 2a 3 ppm anualmente. Acrescentando o metano, o nível total é de de 440 ppm.

SUBIR

Porque existe tanta discussão no conceito das Alterações Climáticas?

Existe consenso quanto ao incremento do CO2 e ao aquecimento progressivo da Terra. No entanto, há discussões sobre os efeitos desse processo: o nível da temperatura que se vai atingir, o ritmo de crescimento, os efeitos desse incremento sobre o mar e as diferentes espécies, e sobre o modo como se devia resolver esta situação. Estes debates são polémicos dado que envolvem conceitos éticos e políticos. A base da discussão é de quando e como se deve atuar.

SUBIR

Quais as consequências do aquecimento global?

Um clima mais quente afeta diretamente a agricultura e a quantidade existente de água.

Adicionalmente, os níveis do mar elevam-se, especialmente se as calotes de gelo entrarem num processo de  acelerado degelo. Atualmente, estima-se que haverá um incremento na temperatura média global de 4ºC até 2050, com consequências graves.

SUBIR

Qual a solução para o aquecimento global?

Segundo os cientistas, a principal alternativa é reduzir as emissões de gases com efeito de estufa, o mais rápido possível. As medidas de redução das emissões são lentas até surtirem efeito, deste modo, a temperatura global irá continuar a subir durante algum tempo enquanto não estiverem implementados mecanismos para essa redução. Atualmente, o objetivo fixado pelos cientistas é a limitação do aquecimento global a +2ºC.

SUBIR

Quais as ferramentas para reduzir as emissões?

São variadas. Incluem a produção elétrica através de fontes limpas e renováveis, como a energia eólica, solar e hídrica, bem como novas tecnologias de captura e armazenamento de CO2. É possível considerar ainda a eficiência energética (programas e novas tecnologias que ajudam a poupar no consumo) e o desenvolvimento de carros elétricos, como duas outras ferramentas importantes na redução de emissões.

SUBIR